CARREGANDO

Digite para buscar

Destaque Produtoras

Conspiração expande estrutura para área internacional

Share

Mariana Vianna

 

Ramona Bakker

Em continuidade ao seu projeto de expansão do Entretenimento, a Conspiração anuncia nova estrutura para a área. O processo será liderado por Mariana Vianna e Ramona Bakker, que serão responsáveis por conceber novos modelos de produção e co-produção com o objetivo de criar conteúdo com uma narrativa global e a qualidade que a produtora já tem como marca registrada. As novidades do núcleo somam-se ao recém-anunciado núcleo de Desenvolvimento e Criação, sob responsabilidade de Clarisse Goulart.

Ramona Bakker, que integrou a equipe de produção da Conspira entre 2005 e 2008, assume a Diretoria Executiva Internacional de Entretenimento. Formada em International Business, em Santa Monica College, e em Television and Film, pela UCLA, ela retorna à produtora após uma passagem de 12 anos pela Rede Globo, onde atuou na co-produção e em licenciamentos internacionais. Ela fez parte do time que co-produziu em países como Portugal, México e Espanha, novelas de grande sucesso como “O Clone”, “Fina Estampa” e “Dancing Days”.

“A produção brasileira é super bem vista fora e já existe um costume de gravar no Brasil. Segundo a SPCine anunciou recentemente, São Paulo tornou-se o segundo maior destino para filmagens da América Latina, por exemplo”, diz Ramona. “O que o mercado busca nas produções brasileiras é a universalidade de um produto. E uma das metas desta nova área é justamente fazer o nosso conteúdo viajar e ser entendido em qualquer lugar”, conta a executiva.

Ramona vai trabalhar em parceria com Mariana Vianna. Há mais de um ano na Conspiração atuando como gerente de negócios do Entretenimento ao lado de Gustavo Baldoni, Mariana passa a conduzir a Diretoria Executiva do núcleo, enquanto ele deixa casa para seguir outros rumos profissionais. Agora, a executiva fica também responsável pela gestão de projetos e novos negócios junto aos canais, às plataformas de “streaming” e projetos cinematográficos. E traz consigo a multiplicidade de sua trajetória, que abrange de experiências na publicidade, a grandes produções para TV, como “As Cariocas” (Daniel Filho), e para a internet, incluindo a produção executiva do sucesso de audiência “Porta dos Fundos”.

Juntas, as executivas farão o mapeamento e a captação de talentos, trabalhando a exportação e importação dos mesmos, com o propósito de desenvolver e fomentar uma rede internacional para uma troca de experiência de narrativas com maior profundidade. “A Lei da TV trouxe uma grande demanda em 2011 e, agora, com a entrada de peso de players internacionais temos muito espaço para crescer. Estamos investindo em uma prateleira diversa de produtos, para também falar com novos públicos e achar histórias que façam sentido em qualquer lugar do mundo”, conta Mariana.

Uma das maiores produtoras independentes do Brasil, a Conspiração é vencedora do Emmy Internacional de Melhor Comédia, com “A Mulher Invisível”, e tem 6 indicações ao maior prêmio da TV internacional. Realizadora de séries como “Sob Pressão” (TV Globo), “Magnífica 70” (HBO), “1 Contra Todos” (Fox), soma 37 títulos de longas lançados. No cinema participou dos festivais de Cannes, Berlim, Veneza, Toronto, e foi responsável pelos blockbusters brasileiros “Vai Que Cola”, “Eu Tu Eles” e “2 Filhos de Francisco” – indicação oficial do Brasil ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro.

 

 

Tags:

Você também pode gostar de

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *